Viva Pacaembu
+19
+25°
+17°
São Paulo
Segunda-Feira, 02

Eventos

Nenhuma notícia encontrada.

Viva Pacaembu
Siga-nos pelo Facebook Siga-nos pelo Twitter

Você é a favor da concessão do Estádio do Pacaembu para a iniciativa privada?

SIM
NÃO

Contexto: - Modalidade:2016 - Area:Notícia Secundaria Home - Evento:

Nenhuma notcia encontrada.

PENSANDO 2016

2016 foi mais um ano de grandes desafios e conquistas para nós, moradores do Pacaembu.

Iniciamos o ano com a perspectiva da aprovação da nova Lei de Uso e Ocupação do Solo, que abrangerá os usos permitidos na cidade de São Paulo e, em especial, em nosso bairro. Conseguimos manter o Pacaembu, em sua maior parte, como Zona Estritamente Residencial (ZER) e em seus corredores de serviços (os agora chamados ZCor) com certa restrição de atividades não residenciais. A Lei fora sancionada em março e regulamentada por um decreto, em outubro.

Nosso Plano de Bairro, enfim, saiu do papel. Foi amplamente discutido com os moradores e posteriormente transformado em uma Minuta de Lei, a qual foi encaminhada para o Conselho Participativo Municipal. O próximo passo - que deve ocorrer já em 2017 - é sua transformação em Lei. Com ele, poderemos exigir das autoridades o seu cumprimento, baseado nos 7 temas previamente definidos por nós: segurança, vegetação, superfícies verdes, bens tombados, trânsito, uso e ocupação do solo e concessionárias.

Continuamos a batalha contra os imóveis com usos e ocupações irregulares, denunciando às Subprefeituras: abertos 32 SACs com supostas irregularidades, ainda aguardamos as medidas cabíveis, tais como abertura de processo administrativo, fechamento ou a lavratura de multa.

Tivemos alguns encontros e muitas discussões com o Consórcio que construirá a nova Linha 06 do Metrô, que terá 2 importantes estações em nosso bairro. Apesar de a obra estar paralisada, continuamos em contato com seus administradores e avisaremos a todos, das futuras intervenções em nosso pedaço.

Fomos surpreendidos com a alteração da rota de jatos comerciais que trouxe grandes aviões sobrevoando nosso bairro residencial e tombado. Estivemos, em março, no Serviço de Proteção ao Voo, enviamos um ofício e até hoje aguardamos maiores explicações para o abuso que as empresas aéreas vêm causando sobre nossas cabeças. 

O estádio do Pacaembu e a Praça Charles Miller sempre estiveram nos holofotes da imprensa, agora, com a chegada do prefeito eleito João Dória e a sua intenção de fazer uma concessão para o espaço. Sabemos que teremos um caminho árduo pela frente, para, baseados em liminar e decisão judicial de 2005, garantir que eventos não desportivos sejam banidos do local.

Por meio de nossa Coordenadoria de Meio Ambiente, conseguimos o plantio de 158 mudas espalhadas pelo bairro do Pacaembu, provenientes de um TAC (Termo de Ajuste de Conduta) de um condomínio de Higienópolis.

A constante falta de energia em nossa região causou grandes transtornos em nossas vidas. Estivemos na Arsesp (Agência Reguladora de Energia e Saneamento de São Paulo) e cobramos uma solução definitiva. Em outubro, recebemos um ofício da Secretaria de Energia e Mineração de São Paulo (publicado em nosso site www.vivapacaembu.com.br) no qual informaram as ações tomadas para minimizar esta incômoda situação. 

Por fim, quero lembrar nossas reuniões mensais, toda primeira segunda-feira de cada mês, sempre às 20h. Nesses encontros, debatemos as questões desta parte da capital. É de fundamental importância, a participação efetiva dos moradores para que possamos conversar, planejar e vencer os desafios no que tange o nosso querido Pacaembu.

Quero que tenhamos um 2017 repleto de saúde, alegria e prosperidade em nossos lares, e que nosso bairro esteja sempre melhor para viver, trabalhar ou apenas contemplar.

Rodrigo Mauro
Presidente da Diretoria