Viva Pacaembu
+19
+25°
+17°
São Paulo
Segunda-Feira, 02

Eventos

Nenhuma notícia encontrada.
Viva Pacaembu
Siga-nos pelo Facebook Siga-nos pelo Twitter

Você é a favor da concessão do Estádio do Pacaembu para a iniciativa privada?

SIM
NÃO

Contexto:O PACAEMBU - Modalidade:CURIOSIDADES - Area: - Evento:


legendaFoto: Mapa do bairro tombado
Modalidade: GEOGRAFIA
Contexto: O PACAEMBU
Evento:

25/06/2012

Ttulo: Geografia

Manchete:

Resumo: Ruas limítrofes do bairro tombado



legendaFoto:
Modalidade: HISTÓRIA DO BAIRRO
Contexto: O PACAEMBU
Evento:

11/04/2012

Ttulo: História do bairro

Manchete: Datas históricas

Resumo:


Biquinha do Estádio

Biquinha do Estádio

Curiosidades

A Biquinha do Estádio, a Estátua da tenista Maria Esther Bueno e o brigadeiro.

 
1. Biquinha do Estádio
Muito antes de a Praça Charles Miller ser motivo de discussões, o amplo terreno do Pacaembu abrigava uma singela fonte doada pela Cia. City em 1926. Até o início das obras do estádio, em 1936, ela era visitada por muitos moradores do bairro. "Meu avô costumava levar meu pai para beber a água da biquinha", conta o restaurador Celso Calixto Rios, referindo-se ao senhor de chapéu encostado na fonte em foto de 1928. Desaparecida durante décadas, foi encontrada nos anos 90, quando o estádio passou por uma reforma. "Acharam a peça enterrada embaixo da piscina", afirma a pesquisadora Aglaê Rogano.  

Fonte: Texto -  Revista Veja S. Paulo e fotos do arquivo pessoal de Celso Calixto Rios


2. Estátua da tenista Maria Esther Bueno
Outro símbolo esquecido é a estátua da tenista Maria Esther Bueno, que ficou em frente ao estádio até a construção do piscinão, em 1995. "Alguns vândalos conseguiram quebrar a raquete que ela segurava", diz Aglaê. Depois da restauração, a estátua ganhou o mesmo destaque da fonte: um canto do centro esportivo.

Fonte: Texto -  Revista Veja S. Paulo e fotos do arquivo pessoal de Celso Calixto Rios

   
3. Brigadeiro
Brigadeiro (chamado de negrinho no Rio Grande do Sul) é um doce típico da culinária brasileira. É comum em todo o país e está presente em praticamente todas as festas de aniversário, junto com o cajuzinho e o beijinho.

Os ingredientes do brigadeiro são leite condensado, chocolate em pó, manteiga e chocolate granulado para a cobertura. Pode ser feito tanto no fogão quanto no forno de microondas.
     
A origem do nome brigadeiro é desconhecida, não estando claro se o nome negrinho, usado do Rio Grande do Sul antecede ou não o nome brigadeiro.  Uma história popularizada sobretudo a partir dos anos 1980 afirma que o nome seria uma uma homenagem ao brigadeiro Eduardo Gomes, liberal, de físico avantajado e boa aparência. Nos anos de 1946 e 1950, o militar se candidatou à presidência da República pela UDN. O candidato conquistou um grupo de fãs do Pacaembu, bairro de São Paulo, que organizaram festas para promover sua candidatura. O doce teria sido criado durante a primeira campanha do candidato à presidência, pela conservadora UDN, logo após a queda de Getúlio Vargas. A guloseima feita de leite, ovos, manteiga, açúcar e chocolate tanto agradou que, numa das festas de campanha, foi feito o doce para arrecadar fundos. Há outras versões bastante similares a essa sobre a origem do nome do doce: mulheres do Rio de Janeiro, engajadas na candidatura de Gomes, faziam "negrinhos" que vendiam para ajudar o fundo de campanha; outros diziam que Heloísa Nabuco, de tradicional família carioca que apoiava o brigadeiro, criou um tipo de doce, ligeiramente diferente da versão atual, e o denominou com a patente do candidato preferido. Como as festas dos correligionários e cabos eleitorais eram muito disputadas pela população, estes logo começaram a chamar os amigos para irem comer o "docinho do Brigadeiro". Com o tempo o nome de "brigadeiro" teria sido dado ao doce (mais tarde feito com leite condensado). Apesar do apoio recebido, a eleição foi vencida pelo então general Eurico Gaspar Dutra.

Fonte: Wikipedia. http://pt.wikipedia.org/http://pt.wikipedia.org/
 
 

    Galeria de Fotos

  • Biquinha da família

    Biquinha da família

  • Estátua Maria Esther Bueno

    Estátua Maria Esther Bueno

  • Brigadeiro

    Brigadeiro
    Foto: Wikipedia