Viva Pacaembu
+19
+25°
+17°
São Paulo
Segunda-Feira, 02

Eventos

Plano de bairro desenvolvido pela Viva Pacaembu e seus moradores, no ano de 2004

SAIBA MAIS

Viva Pacaembu
Siga-nos pelo Facebook Siga-nos pelo Twitter

Você é a favor da concessão do Estádio do Pacaembu para a iniciativa privada?

SIM
NÃO

Contexto:NOTÍCIAS - Modalidade:2014 - Area: - Evento:


legendaFoto:
Modalidade: 2014
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

26/08/2014

Ttulo: Plano de bairro desenvolvido pela Viva Pacaembu e seus moradores, no ano de 2004

Manchete:

Resumo:


Erva do Passarinho

A bonita erva do passarinho é um perigo para árvores

Os índios já conheciam esta hemiparasita de árvores, erva de passarinho - nome científico é Psittacanthus robustus. Tem ampla distribuição no bioma do Cerrado e atacam, principalmente, representantes da família Vochysiaceae (de nomes populares como cinzeiro, gomeira, pau-terra, pau-terra-roxo).

O nome - erva de passarinho - provavelmente se originou da palavra indígena Tupi güirá repoti que quer dizer, literalmente, excremento de pássaro. Nos meses de inverno, quando o alimento fica mais escasso, as aves se alimentam da semente dessa planta; algumas dessas sementes contém uma substância purgante, iniciando assim a disceminação da hemiparasita, que suga, através de suas raízes, a seiva elaborada das árvores e acaba por matá-las, se não houver o cuidado adequado.

Essa erva é uma planta atraente por sua floração amarela, com abundante néctar para os pássaros. Porém, ela ainda abriga uma espécie de percevejo em suas raízes e ramos; esse animalzinho produz exudato açucarado que é utilizado como alimento pelas formigas e fornece defesa, durante o dia, para os predadores de percevejos.

Esta hemiparasita contribui para o equilibrio da biodiversidade. No entanto, nos espaços urbanos, tornou-se um problema, pois acabam matando os espécimes arbóreos em que se alojam.

A única maneira de acabar com a infestação é procedendo a poda do ser infestado. O manejo com melhor resultado é pegar a infestação no início, porque as podas mais severas pode matar a árvore.

Ressalte-se a importância do cuidado com a vegetação; por isso insistimos tanto com as Subprefeituras da Sé e da Lapa para que melhorem os cuidados com as árvores do bairro.

Maria Amélia Perrone