Viva Pacaembu
+19
+25°
+17°
São Paulo
Segunda-Feira, 02

Eventos

Pancadões da Praça Charles Miller são o assunto do Primeiro Jornal da Bandeirantes.

Em entrevista para a Band, o VivaPac fala sobre os pancadões que acontecem toda quinta-feira na Praça Charles Muller e vem incomodando muitos moradores do bairro.

SAIBA MAIS

Os subprefeitos voltam a conversar com os moradores do Pacaembu

SAIBA MAIS

Viva Pacaembu se une a outras 25 associações de bairro contra o aumento abusivo do IPTU

Viva Pacaembu pressiona a Prefeitura juntamente com outras associações. Venha colaborar, precisamos da união de todos!

SAIBA MAIS

29º Encontro de Defesa do Consumidor

Nos dias 24 e 25 de Outubro

SAIBA MAIS

Moderador de tráfego

Nosso bairro precisa organizar melhor o fluxo viário utilizando recursos de Engenharia de Trânsito.

SAIBA MAIS

Você conhece as aves do seu jardim?

Pacaembu, bairro de vegetação privilegiada e lar de uma enorme diversidade de aves. Conheça um pouco sobre elas!

SAIBA MAIS

Pacaembu, uma história para se contar.

SAIBA MAIS

Balaio de notícias: como adotar uma praça, quais os dias da coleta seletiva e o panorama do entorno do Estádio em dias de jogos.

SAIBA MAIS

Viva Pacaembu
Siga-nos pelo Facebook Siga-nos pelo Twitter

Você é a favor da concessão do Estádio do Pacaembu para a iniciativa privada?

SIM
NÃO

Contexto:NOTÍCIAS - Modalidade:2013 - Area: - Evento:


legendaFoto:
Modalidade: 2013
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

07/11/2013

Ttulo: Pancadões da Praça Charles Miller são o assunto do Primeiro Jornal da Bandeirantes.

Manchete: Em entrevista para a Band, o VivaPac fala sobre os pancadões que acontecem toda quinta-feira na Praça Charles Muller e vem incomodando muitos moradores do bairro.

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2013
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

04/11/2013

Ttulo: Os subprefeitos voltam a conversar com os moradores do Pacaembu

Manchete:

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2013
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

04/11/2013

Ttulo: Viva Pacaembu se une a outras 25 associações de bairro contra o aumento abusivo do IPTU

Manchete: Viva Pacaembu pressiona a Prefeitura juntamente com outras associações. Venha colaborar, precisamos da união de todos!

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2013
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

25/10/2013

Ttulo: Defesa das ZERs

Manchete: A importância das ZERs transcende interesses particulares e locais, pois são áreas de utilidade pública, protegem bens e valores coletivos da cidade.

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2013
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

14/10/2013

Ttulo: 29º Encontro de Defesa do Consumidor

Manchete: Nos dias 24 e 25 de Outubro

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2013
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

05/10/2013

Ttulo: Moderador de tráfego

Manchete: Nosso bairro precisa organizar melhor o fluxo viário utilizando recursos de Engenharia de Trânsito.

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2013
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

04/10/2013

Ttulo: Você conhece as aves do seu jardim?

Manchete: Pacaembu, bairro de vegetação privilegiada e lar de uma enorme diversidade de aves. Conheça um pouco sobre elas!

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2013
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

01/10/2013

Ttulo: Pacaembu, uma história para se contar.

Manchete:

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2013
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

01/10/2013

Ttulo: Balaio de notícias: como adotar uma praça, quais os dias da coleta seletiva e o panorama do entorno do Estádio em dias de jogos.

Manchete:

Resumo:


Defesa das ZERs

A importância das ZERs transcende interesses particulares e locais, pois são áreas de utilidade pública, protegem bens e valores coletivos da cidade.



O primeiro zoneamento na cidade de São Paulo data de 1934. 40 anos depois, o Ato nº 663 foi substituído pelo Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado - Lei nº 7688/71, que organizava as regiões urbanas, a partir do estudo sobre características e coeficiente de aproveitamento dos lotes. Mais quatro décadas se foram até que em 13 de setembro de 2002, com Plano Diretor de Desenvolvimento Estratégico, Lei nº 13.430, novas regras foram fixadas.

O objetivo do PDE é normatizar  o desenvolvimento urbano, mantendo os traços originais de alguns bairros e trazendo benefícios sociais e ambientais, ou seja, assegurando o bem estar aos habitantes.  Por isso, o município de São Paulo foi dividido em Zonas, especificando a função da área para certo tipo de estrutura (residências, comércio, industria ou mista). 

Na capital, existem 56 ZERs - Zona Estritamente Residencial - de diferentes padrões socioeconômicos distribuídas em todas as zonas urbanas, não sendo predominante no centro expandido.  O Pacaembu é  considerada ZER - 1: ocupação residencial de baixa densidade demográfica, horizontal, com predominância de arborização e áreas permeáveis entre as edificações e nas áreas públicas. Estas características criam microclimas de temperaturas mais amenas.

Em 2001, verificou-se 4ºC a menos na temperatura registrada nas ZERs do que nas ilhas de calor, o que assegurava: aumento da umidade relativa do ar; melhora da drenagem de águas pluviais com a redução de inundações e recarga dos lençóis freáticos; auxílio na refrigeração urbana e regulação climática; retenção dos poluentes do ar pela massa arbórea.

“Ainda que consideremos as diferenças da realidade de cada lugar, o aquecimento da metrópole paulistana é exorbitante”, afirma a geógrafa Magda Lombardo. “A presença de corpos hídricos e de áreas verdes ameniza a taxa de aquecimento nas proximidades.” E conclui: “A defesa da qualidade ambiental destes bairros não tem importância meramente local, mas para a cidade como um todo, na medida em que a mediação climática, por eles introduzida na metrópole compacta, beneficia a todos que nela habitam, e a massa arbórea que os caracteriza é uma das principais responsáveis pelo retorno de numerosas espécies de pássaros ao ambiente urbano paulistano”. 

A importância das ZERs transcende interesses particulares e locais, pois são áreas de utilidade pública, protegem bens e valores coletivos da cidade. Convido todos os moradores de São Paulo, principalmente do bairro Pacaembu, a aguçar o olhar para a conservação e aprimoramento da ZER.  

Maria Amélia Perrone