Viva Pacaembu
+19
+25°
+17°
São Paulo
Segunda-Feira, 02

Eventos

Carta ao Prefeito Haddad

Plano Diretor, e as expectativas da VivaPac para o ano de 2013. Carta aberta ao novo Prefeito eleito de São Paulo.

SAIBA MAIS

O portal do bairro chama Av. Pacaembu

A avenida que corta o bairro e é cara do Pacaembu.

SAIBA MAIS

Estabelecimentos comerciais no bairro do Pacaembu

Se você planeja abrir um estabelecimento com fins comerciais fique atento às regras dessas poucas ruas do bairro.

SAIBA MAIS

Balaio de notícias

Assuntos: Terrenos abandonados, O limite do poder público, E-mail VivaPAc, Totens ecológicos?, Caçambas, Associados Vivapac, Justificando a derrubada de árvores.

SAIBA MAIS

Editorial: Você é a cara da Viva Pac

Quem é e o faz Viva Pac?

SAIBA MAIS

Carta do Leitor: A luta contra as ilegalidades da rua Minas Gerais

A rua possui zoneamento restritivo mas existem estabelecimentos operando.

SAIBA MAIS

Serapilheira, o que significa este nome?

É uma cobertura natural que se forma na superfície do solo, saiba mais.

SAIBA MAIS

Espaço Cia City: Morar bem, o desafio de todos os tempos

Na década de 30 a Cia City já anunciava a venda de terrenos e casas no Pacaembu tendo-se como apelo o investimento em viver bem.

SAIBA MAIS

Antiga Casa de Chico Buarque vira museu

Sobrado no Pacaembu agora tem memorial da educação, com móveis e documentos

SAIBA MAIS

Viva Pacaembu
Siga-nos pelo Facebook Siga-nos pelo Twitter

Você é a favor da concessão do Estádio do Pacaembu para a iniciativa privada?

SIM
NÃO

Contexto:NOTÍCIAS - Modalidade:2012 - Area: - Evento:


legendaFoto:
Modalidade: 2012
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

25/12/2012

Ttulo: Carta ao Prefeito Haddad

Manchete: Plano Diretor, e as expectativas da VivaPac para o ano de 2013. Carta aberta ao novo Prefeito eleito de São Paulo.

Resumo:



legendaFoto: Av. Pacaembu
Modalidade: 2012
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

19/12/2012

Ttulo: O portal do bairro chama Av. Pacaembu

Manchete: A avenida que corta o bairro e é cara do Pacaembu.

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2012
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

19/12/2012

Ttulo: Estabelecimentos comerciais no bairro do Pacaembu

Manchete: Se você planeja abrir um estabelecimento com fins comerciais fique atento às regras dessas poucas ruas do bairro.

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2012
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

18/12/2012

Ttulo: Balaio de notícias

Manchete: Assuntos: Terrenos abandonados, O limite do poder público, E-mail VivaPAc, Totens ecológicos?, Caçambas, Associados Vivapac, Justificando a derrubada de árvores.

Resumo:



legendaFoto: Camisetas da VivaPac
Modalidade: 2012
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

18/12/2012

Ttulo: Editorial: Você é a cara da Viva Pac

Manchete: Quem é e o faz Viva Pac?

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2012
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

17/12/2012

Ttulo: Carta do Leitor: A luta contra as ilegalidades da rua Minas Gerais

Manchete: A rua possui zoneamento restritivo mas existem estabelecimentos operando.

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2012
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

16/12/2012

Ttulo: Serapilheira, o que significa este nome?

Manchete: É uma cobertura natural que se forma na superfície do solo, saiba mais.

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2012
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

15/12/2012

Ttulo: Espaço Cia City: Morar bem, o desafio de todos os tempos

Manchete: Na década de 30 a Cia City já anunciava a venda de terrenos e casas no Pacaembu tendo-se como apelo o investimento em viver bem.

Resumo:



legendaFoto:
Modalidade: 2012
Contexto: NOTÍCIAS
Evento:

10/12/2012

Ttulo: Antiga Casa de Chico Buarque vira museu

Manchete: Sobrado no Pacaembu agora tem memorial da educação, com móveis e documentos

Resumo:


Lixão

Lixão

Foto: Vera Enderle

Você quer continuar contribuindo para isso?


O descontrole do volume de lixo produzido por dia perpetua a existência dos depósitos finais de restos sólidos: lixões, aterros controlados e, na melhor das hipóteses, dos aterros sanitário. 

Que tal diminuir a quantidade de resíduos gerados? Como? Reciclar é uma solução! Então, separe o que pode ser reciclado.

PAPEL - Reciclável: cadernos, de escritório em geral, impressos (jornais, revistas), de embalagem (embrulhos em geral, de seda, etc.), caixas de papelão, cartolinas e os papéis especiais (Kraft, heliográfico, de desenho e papel filtrante). Não reciclável: papéis sujos, engordurados, encerados, impregnados com substâncias impermeáveis ou nocivas à saúde; papéis sanitários usados; papéis revestidos com algum tipo de parafina ou silicone; vegetal, carbono, celofane, fotografias; fitas e etiquetas adesivas.

PLÁSTICO - Reciclável: todos os tipos de embalagens de xampu, detergente, refrigerante e produtos domésticos; tampas de recipientes de outros materiais; embalagens de ovos, frutas e legumes; utensílios como caneta, escova dental, baldes, artigos de cozinha, etc. Também são reaproveitáveis os plásticos conhecidos como termofixos (usados na indústria eletroeletrônica e na produção de computadores, telefones e eletrodomésticos) e isopor. Não reciclável: celofane e embalagens metalizadas como as de alguns salgadinhos. 

VIDROS - Reciclável: garrafas de bebida, frascos e cacos de produtos alimentícios, de remédio e de artigos de limpeza. Não reciclável: espelhos, vidros de janela e de automóvel, lâmpadas, tubos de televisão, válvulas e ampolas de medicamentos. Também não se recicla cristal, vidro temperado plano ou de utensílio doméstico.  

METAIS - Praticamente todo metal de uso doméstico é reciclável. 

Aqui, no Pacaembu, há ruas que já contam com a coleta seletiva. O Pão de Açúcar da Praça Wendell Wilkie recolhe alguns materiais recicláveis.

Para resíduos como lâmpadas fluorescentes e eletrônicos, vale pesquisar no site  www.ambservsp.com.br. A Drogaria São Paulo recebe pilhas - e distribui os coletores se houver interesse. 

Para móveis, madeiras, restos de construção e lixo de grande porte,  há 38 Ecopontos espalhados pela cidade - busque no site www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias, o endereço mais próximo para você encaminhar esse lixo. Mas, atenção: o limite de descarte permitido é de 1m³/dia, equivalente a uma caixa d’água de mil litros.

Viu, não é tão difícil! Vamos começar?

Maria Amélia Perrone